Entre em Contato

estudo.certeiro@mail.com

São Paulo - Brasil

  • Facebook Long Shadow
  • Twitter Long Shadow

Concurso IPHAN 2018 – Inscrições, provas, salários e mais

03.07.2018

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Concurso IPHAN 2018) teve seu prazo de inscrição prorrogado até as 18h do dia 16 de Julho. De acordo com o edital publicado pelo organizador, o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe-CESPE), as provas serão aplicadas no dia 26 de agosto. O edital foi divulgado com objetivo de preencher 411 vagas em cargos de ensino médio e superior.

 

De acordo com o edital de concurso do IPHAN 2018, as oportunidades são destinadas aos cargos de:

 

  • Analista I – Nível Superior (104 vagas);

  • Técnico I – Nível Superior (176 vagas); e

  • Auxiliar Institucional – Nível Médio (131 vagas). 

 

Os provimentos dos cargos de Analista I e Técnico I estão previstos para junho de 2018, enquanto os provimentos dos cargos de Auxiliar Institucional I estão previstos para 2019, condicionados estes a novo ateste orçamentário naquele exercício.

 

As vagas são destinadas aos estados da federação e ao Distrito Federal, e poderão ser distribuídas entre as sedes do IPHAN nas capitais das 26 unidades da Federação e no Distrito Federal ou nos Escritórios Técnicos existentes nas seguintes cidades: AL – Piranhas; BA – Cachoeira, Lençóis, Porto Seguro e Rio de Contas; CE – Icó e Sobral; GO – Goiás e Pirenópolis; MA – Alcântara; MG – Congonhas, Diamantina, Mariana, Ouro Preto, São João Del Rei, Serro e Tiradentes; MS – Corumbá; PB – Areia; PE – Fernando de Noronha, Igarassu e Olinda; PI – Parnaíba e São Raimundo Nonato; RJ – Paraty, Petrópolis, São Pedro D´Aldeia, Vassouras; RS – Antônio Prado, Jaguarão e São Miguel das Missões; SC – Laguna, Pomerode e São Francisco do Sul; SE – São Cristóvão; SP – Iguape; TO – Natividade.

 

 

Inscrição Concurso IPHAN 2018

As inscrições do concurso IPHAN 2018 serão realizadas entre 10 horas do dia 18 de junho e 18 horas do dia 16 de julho de 2018, no site oficial (http://www.cespe.unb.br/concursos/iphan_18). A taxa de inscrição custará R$84,00 para os cargos de nível médio e R$117,00 para os cargos de nível superior.

 

 

Necessidade de Concurso do IPHAN é grande

A Comissão de Cultura da Câmara realizou audiência pública no final do ano passado para discutir a manutenção e preservação do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Sob os cuidados do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, Iphan, há oito décadas, o patrimônio nacional está ameaçado por falta de condições de o órgão realizar suas incumbências.

 

A presidente do IPHAN, Kátia Bogéa, alertou os parlamentares para o risco do fechamento do instituto. Ela ressaltou que, em 80 anos, só foram realizados dois concursos públicos e o Iphan tem hoje 516 cargos vagos, comprometendo o trabalho em todo o País. “Hoje nós temos para cuidar de todo o patrimônio brasileiro com 27 superintendências, 28 escritórios técnicos, apenas 678 servidores, dos quais 480 se aposentam em dois anos. Portanto, se nada for feito, a instituição simplesmente fecha as portas”.

 

 

Fases do concurso IPHAN 2018

Os candidatos do concurso Iphan 2018 a cargos de nível médio e superior serão avaliados por prova objetiva e discursiva, de caráter classificatório e eliminatório, composta de 120 questões, sendo 50 de Conhecimentos Básicos e 70 de Conhecimentos Específicos.

 

A aplicação da prova está prevista para o dia 26 de agosto de 2018 com duração será de 4 horas e 30 minutos, no turno da manhã para os cargos de nível superior e no turno da tarde para os cargos de nível médio.

 

Para os cargos de nível superior haverá ainda prova de título de caráter classificatório. Os locais de realização das provas do concurso Iphan 2018 serão divulgados no site do Cebraspe no dia 16 de agosto de 2018.

 

 

Material para Estudos

Como este é um concurso muito disputado e esperado por muitos, o candidato que quiser a vaga precisa se destacar entre os outros. E nada melhor do que utilizando um material de qualidade, que irá alavancar seus estudos para você aumentar suas chances.

 

Estou falando dos Cursos do Estratégia Concursos. O Pacote de cursos para o concurso do IPHAN 2018 é enorme, pois contém todo o conteúdo que contempla o edital. Porém, caso você já se sinta seguro em algumas matérias, pode adquirir apenas aquelas que você acha que precisa reforçar.

 

 

Bons estudos.

Sobre o IPHAN

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) é uma autarquia federal vinculada ao Ministério da Cultura que responde pela preservação do Patrimônio Cultural Brasileiro. Cabe ao Iphan proteger e promover os bens culturais do País, assegurando sua permanência e usufruto para as gerações presentes e futuras.

 

O Iphan possui 27 Superintendências (uma em cada Unidade Federativa); 27 Escritórios Técnicos, a maioria deles localizados em cidades que são conjuntos urbanos tombados, as chamadas Cidades Históricas; e, ainda, cinco Unidades Especiais, sendo quatro delas no Rio de Janeiro: Centro Lucio Costa, Sítio Roberto Burle Marx, Paço Imperial e Centro Nacional do Folclore e Cultura Popular; e, uma em Brasília, o Centro Nacional de Arqueologia.

 

O Iphan também responde pela conservação, salvaguarda e monitoramento dos bens culturais brasileiros inscritos na Lista do Patrimônio Mundial e na Lista o Patrimônio Cultural Imaterial da Humanidade, conforme convenções da Unesco, respectivamente, a Convenção do Patrimônio Mundial de 1972 e a Convenção do Patrimônio Cultural Imaterial de 2003.

 

Histórico – Desde a criação do Instituto, em 13 de janeiro de 1937, por meio da Lei nº 378, assinada pelo então presidente Getúlio Vargas, os conceitos que orientam a atuação do Instituto têm evoluído, mantendo sempre relação com os marcos legais. A Constituição Brasileira de 1988, em seu artigo 216, define o patrimônio cultural como formas de expressão, modos de criar, fazer e viver. Também são assim reconhecidas as criações científicas, artísticas e tecnológicas; as obras, objetos, documentos, edificações e demais espaços destinados às manifestações artístico-culturais; e, ainda, os conjuntos urbanos e sítios de valor histórico, paisagístico, artístico, arqueológico, paleontológico, ecológico e científico.

 

Nos artigos 215 e 216, a Constituição reconhece a existência de bens culturais de natureza material e imaterial, além de estabelecer as formas de preservação desse patrimônio: o registro, o inventário e o tombamento.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Concurso PRF 2020 – Mais de 4 mil vagas solicitadas

Concurso da Policia Militar da Bahia – Edital Publicado com 1250 Vagas para Soldado

Concurso TJ RJ 2019 – Edital Próximo de ser Publicado

1/3
Please reload